A forte chuva que vem caindo sobre Angra dos Reis desde a última sexta-feira, 5, deixa neste momento pelo menos 39 localidades da cidade em estado de alerta. Como ainda há previsão de novos temporais, a Defesa Civil municipal monitora estas localidades com maior atenção. Segundo a prefeitura de Angra, desde a madrugada do último sábado, 6, o município todo está em situação de alarme e prontidão.

A primeira mensagem do tipo SMS enviada com alerta foi às 2h40 do sábado, 6. Às 7h do mesmo dia houve novo SMS de alarme para o bairro Ponta Leste, onde as chuvas atingiram a marca de 103 milímetros em 24 horas, uma quantidade preocupante. Moradores de áreas de risco naquele bairro tiveram de deixar suas casas e se proteger em casas de familiares ou nos pontos de apoio indicados pela Defesa Civil. Não houve desabrigados ou incidentes envolvendo pessoas.

Na manhã desta segunda-feira, 8, quase 40 bairros estão sob estado de alarme e 20 pontos de apoio em escolas e outros ambientes público já estão abertos para abrigar pessoas em situação de desabrigo temporário. A prefeitura não divulgou ainda se há desabrigados. Mesmo com o fim da chuva é necessário aguardar a mensagem de desmobilização antes de retornar para casa.

Nos últimos dias foram registradas quedas de árvores, deslizamentos de pedras e interdições. A equipe de Operações da Defesa Civil trabalha para desobstruir vias de acesso ao bairro Vila Velha (foto). No Retiro, duas casas foram interditadas, uma delas teve uma parede destruída, mas felizmente sem vítimas. Também houve a queda de um muro no Morro do Carmo, região central da cidade.

Em caso de emergência entre em contato com a Defesa Civil pelos números 199 ou (24) 3365-4588.

Leia também:

Chuva forte prejudica o serviço de coleta de lixo em Angra dos Reis

Siga-nos no Facebook

GOSTOU DESTE TEXTO?

Assine o jornal Tribuna Livre e receba em casa a nossa edição impressa. Clique aqui e saiba como.

Deixe seu comentário

Escreva seu comentário!
Nome